Quartos Infantis Genderless

Os quartos infantis mais bacanas que vejo ultimamente estão muito longe dos habituais azuis e rosinhas bebê. Pelo contrário, os ambientes que geralmente me inspiram, que fazem meus olhos brilharem não estão necessariamente aprisionados a um arquétipo feminino ou masculino.

Imagem: instagram.com/misstiptop/

A tendência genderless (ou sem gênero) virou pauta nos últimos anos, impulsionada pela moda, e, naturalmente, se estendeu para a decoração.

Projetar um ambiente neutro em gênero, não é sinônimo de neutro em cor e tampouco significa abrir mão do lúdico e das cores. Muito pelo contrário, todas as cores são bem vindas!

Imagem: themodernnursery.com/

Ainda ensina a criança sobre as cores, formatos, padrões, temas, de forma desprendida de estereótipos. Meninas podem gostar de leãozinho e de azul. Meninos também podem gostar de unicórnio e de laranja. Não é muito lindo isso?

Do ponto de vista prático e econômico, o quarto sem gênero sempre poderá ser aproveitado para outra criança caso o casal queira mais filhos.

Seja qual for o motivo pelo qual você optou por um quarto sem gênero saiba que ele proporciona infinitas possibilidades de decoração, mais liberdade para brincar com as cores e é garantia de um espaço de muito estilo e personalidade!

Imagem:themodernnursery.com

Dica: se for difícil encontrar peças que não sejam rosa ou azul, aposte em um DIY!

Criança é criança. Só podemos desejar que eles vivam todas as cores e que possam experimentar todas elas sem medo ou repressão. Uma cor não define nada e esse tabu precisa ser derrubado.

.

Colaborou para esse texto: Rick Lima, publicitário e tio de 19 maravilhosas crianças.

 

Related Posts

Leave a Reply